Outfit: Sobre as minhas inseguranças

Processed with VSCOcam with p5 preset
Estava arrumando o HD antigo do computador outro dia e achei uma porção de fotos legais batidas para o blog no segundo semestre do ano passado que acabei não publicando.

Essa fase do aparelho ortodôntico tem sido complicada, não consigo me sentir à vontade com esse treco na boca e sempre acho minhas expressões estranhíssimas nas fotos. Tento me lembrar o tempo todo que é temporário, e que cedo ou tarde vai chegar o dia de tirar isso e eu não vou me arrepender nem um pouco depois (nunca me arrependi das outras vezes que usei). Na verdade, já dá pra perceber boas mudanças nos meus dentes. De outubro, quando essas fotos foram tiradas, até aqui, a arcada inferior evoluiu bastante e está bem mais redondinha e até começamos a trabalhar no encaixe das duas… mas só quem já fez esse tipo de tratamento, que não é só alinhar e arrumar dentes tortos mas mexer em toda a mordida, sabe o quanto demora, e que o resultado só aparece mesmo depois que você descola os brackets. Minha boca é bem pequena e não tem nem espaço pra eles direito. :p

Processed with VSCOcam with p5 preset

O legal dessas fotos é que elas também são da época que eu estava começando no pilates de aparelhos, depois de um looongo período sedentária. Sei que a blusa não ajudou muito, mas é bom notar que meus braços estão bem mais durinhos atualmente, rs! Pilates não emagrece, mas ajuda a definir bastante o corpo e melhora horrores a postura se você tiver disciplina e focar nos exercícios. Nunca fui tão apaixonada por qualquer atividade física como sou pelos aparelhos e molas! Fico quebrada depois de cada sessão, mas continuo amando e voltando toda semana pra tortura!

De qualquer maneira, tô longe, beeem longe de ser uma dessas bloggers magrelas e fotogênicas. Não que eu me esforce muito pra isso… mas também não é fácil lidar com a mistura de sentimentos que essa exposição voluntária gera. Nem sempre eu gosto dos meus looks. Esse das fotos, por exemplo, tá bem longe de ser um dos favoritos, e nem meu cabelo tava no melhor dos dias. Mas acho que todo mundo passa por isso, no fim das contas, né?

Processed with VSCOcam with p5 preset

Não lembro exatamente o que me fez combinar as peças desse jeito, mas tava usando horrores esse jeans da Zara com cintura alta na época e acho que tentei sair um pouco do meu óbvio combinando com a blusa estampada e o cinto vermelho, mas como já falei, não achei que rolou tão bem assim. Essa slipper tá meio deslocada no look pra completar, rs.

Mas sabe, pelo menos eu tentei. Abandonei as fotos numa pastinha no computador na época, mas tô aqui postando essa reflexão que não é cheia de autoconfiança, muito pelo contrário, mas é bem honesta. Quando eu comecei a bloggar, bastante tempo atrás as coisas eram bem mais amadoras, e era mais fácil se sentir à vontade pra postar o que desse na telha por aqui. Tanto que tem muitos looks ruins nos arquivos!

Daí várias blogueiras se profissionalizaram e começaram a ganhar dinheiro, roupas, maquiagem, tratamentos de beleza e equipamentos fotográficos mega profissionais! E quem não vive disso, como faz? Porque muitas vezes eu sinto que as meninas que me inspiraram a fazer um blog pra falar de moda, maquiagem e outras coisas de mulherzinha ficaram super longe da minha realidade de uns anos pra cá. Elas viajam muito mais do que qualquer pessoa normal (mesmo quem ganha bem ainda depende das férias do trabalho pra isso!), vivem pra “se cuidar”, afinal a aparência é muito importante nesse meio e podem levar todo esse glamour super a sério.

Processed with VSCOcam with p5 preset

Eu não sou profissional, jamais me identificaria como blogueira em qualquer situação, mas também quero ter fotos legais e looks bacanas, só que preciso trabalhar e pagar as zilhões de contas da casa. Uma bolsa “de grife” simplesmente não entra no meu orçamento, não importa o esforço que eu faça. Já o aluguel, condomínio, financiamento do carro, colchão, jogo de panelas, etc… adivinha? Eu não tenho tempo nem dinheiro pra ficar indo no salão arrumar o cabelo. Pinto o meu eu mesma, em casa, desde que me conheço por gente. Até cheguei a usar um flash do Rafael em algumas fotos por um tempo, que não era pra minha câmera e que (provavelmente) queimou por causa disso. Tenho uma lente boa, mas a câmera que eu uso é de uma geração antiga… e no fim das contas, o Laços e Tachas é só um hobby mesmo.

Então as fotos e os looks vão continuar vida real e amadoras, já que é isso o que tem pra hoje, e eu vou continuar tendo que aprender a lidar com a certeza de que as coisas nem sempre são do jeito que eu queria que fossem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *