Outfit: Please pick a color for your checklist

 #como usar bota over-the-knee

overtheknee-1

Tá bom gente, minha bota da Bottero é mais on-the-knee do que over-the-knee, mas o que vale é a intenção! Eu tenho uma bota de montaria “normal” da Zeket que tem o cano bem mais curto do que essa e não tenho culpa que as minhas pernas são compridas (#sóquenão!). Mas sabe… amo ela mesmo assim, e acho que esse é um dos jeitos mais legais de usar esse modelo de bota, que além de lindo é super quentinho, já que o cano mais longo protege bem as pernas do frio!

overtheknee-2

Postei outro look com ela aqui, por sinal usando o mesmo shorts! Admito que no dia a dia, por conta da preguiça, acabo combinando mais com legging preta e tricot ou moletom oversized mesmo… é o tipo de look que é bem o meu tipinho, mas pra quem não curte arriscar, #ficadica. Não preciso dizer que nesses casos, a bota pesadona dá uma cara diferente pra um look que poderia ser super normal, né? Odeio cagação de regra tipo “você tem que ter” isso no seu guarda-roupa (cada um sabe o que tem que ter no seu), mas pra mim, foi uma ótima aquisição! ;D

overtheknee-3

overtheknee-4

A jaqueta jeans e a camiseta cinza mescla com estampa Marvel também são compras recentes, da coleção de inverno da Renner! Tá, a camiseta é masculina (muito amor por achar coisas legais em outras sessões da loja), e eu já usei muito! Comprei essa antes daquela dos X-Men e tive que me controlar pra não comprar todas as outras camisetas com estampa de super-heróis  que achei por lá! Minha combinação favorita até agora foi com um blazer verde da Zara (que tá nesse look), qualquer hora fotografo só pra mostrar aqui! 😉

A jaqueta jeans era um desejo antigo que foi crescendo e comecei a sentir muita falta de ter uma… sabe como é, vivi uma parte da minha adolescência nos anos 90 (#velha) e quando tava no colégio, tinha uma jaqueta xodó, super oversized, que me acompanhou durante uns não-tão-bons anos! Depois acabei desapegando e agora tava aqui querendo de novo. Demorei um pouco pra encontrar uma que eu gostasse de verdade! Na própria Renner tinham vários modelos diferentes, mas eu gostei mesmo da lavagem e da cor dessa da Marfinno (um azul não muito claro, nem muito escuro, com umas manchas e desgastes estratégicos mas nada muito over). Ah, e até os botões são bonitinhos. Sou bem chata com essas coisas.

overtheknee-5

overtheknee-6

A bolsa é a Clá da Adô, o short é Carina Duek pra C&A, a meia-calça é uma fio 50 da Lupo que tem mais lycra e é mais confortável que a fio 40 opaca de sempre, e o óculos escuro é da Renner!

overtheknee-7

E essa é a música que inspirou o título desse post:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=IH6proQ8XhQ]

How can we ask for a blanket and a habitat?
How can we ask for a place we can imagine at?
How can we ask for the brightest cities every night? (midnight)

* Fotos feitas no Alto da XV / Hugo Lange em Curitiba numa tarde de sábado no comecinho de julho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *