Beauté: A Nova Embalagem do Mineralize Skin Finish Natural

pos-de-acabamento

Lembram da minha wishlist? Comentei nela que precisava de um Duo Mat da Make Up Forever novo pois já estava vendo a o fundo da latinha do segundo. Daí outro dia tava saindo de casa correndo e aconteceu isso:

pos-de-acabamento6

Meu Duo Mat pulou da bolsa e cometeu suicídio. Quase chorei. Que despedida difícil… Fui dar uma olhada nos pós de acabamento que tinha em casa e me deparei com essa triste situação:

pos-de-acabamento2

Um Mineralize Skinfinish Natural já no final da vida (e esse é o meu segundo também), dois Duo Mat, um espatifado e outro só as bordas e o Naked da Urban Decay, que tá longe de ser meus favoritos (tenho a impressão de que ele me dá cravinhos) também com a latinha aparecendo. Só tristeza lembrar o quanto custam essas coisas aqui, né? =/

pos-de-acabamento3

Acabei indo pra Brusque na semana seguinte e enquanto estava lá usei o Mineralize da minha mãe emprestado. Foi o suficiente pra reelembrar o quanto AMO esse pó da MAC. Nunca me adaptei aos outros pós da marca (já tentei o Studio Fix e foi bem desastroso), mas o Mineralize foi amor a primeira usada! Quando o que eu tinha acabou, foquei em usar os outros pós que estavam em casa e esquecendo dele… mas foi só usar de novo pra perceber que precisava de um novo urgentemente.

Procurei online e não achei a cor Light na loja da Sephora nem na MAC. Quando o meu primeiro pó acabou, ele estava sem estoque no Brasil e a minha prima acabou trazendo dos EUA. Isso me deixou um pouco preocupada… mas corri na loja da MAC do Pátio Batel e descobri que ele ainda está lá, tão perfeito quanto sempre, só que ainda melhor! O Mineralize Skinfinish ganhou embalagem nova e agora tem um espelhinho bem prático pra carregar na bolsa na tampa! 😉

pos-de-acabamento5

pos-de-acabamento4

Não custou muito barato e fugiu um pouco do meu orçamento, mas fiquei tão feliz com esse reencontro! Pra quem não conhece, o Mineralize Skinfinish Natural é um pó de acabamento bem fininho, com uma cobertura bem natural e levemente luminosa. Comparado com o Duo Mat, ele é bem mais leve, mas disfarça bem as imperfeições (apesar da Duo Mat ser mais eficaz). O Naked também é fininho, mas eu acho que ele não disfarça tanto os meus poros e cicatrizes, além de durar menos!

Resumindo, desses três pós de acabamento, o da Urban Decay é o que eu menos gosto, enquanto o Duo Mat é o meu favorito pra carregar na bolsa e retocar a maquiagem durante o dia, e o Mineralize pra usar em casa.

Outfit: Rollin’ and Tumblin’

post-blog-3

Menos de duas semanas enrolando pra postar e o look fica completamente desatualizado, ou seja, sejam bem vindos a nossa maravilhosa Curitiba e o seu clima maluco!

No domingo “eleitoral“, tava fazendo uns 10 graus e usei jeans, tênis e tricot pra sair de casa rapidinho e resolver minhas pendências cívicas. No fim de semana seguinte (sábado passado) fez um calorão de mais de 30 graus e nem fotografei look nenhum por que eu só queria derreter e sumir!

Saímos pra almoçar na feirinha gastronômica do Juvevê e de lá a gente foi andando pro centro, tudo debaixo daquele super sol, quem merece? Minha pressão caiu várias vezes durante o passeio! A gente gosta bastante de fazer as coisas andando quando tem tempo livre, mas debaixo do sol é tenso, por isso, torço pra que Curitiba volte a ser Curitiba logo e dê pra sair na rua de boa de novo. Xô, calor. #mimimi

post-blog-1

Esse tênis da Santa Lolla nunca apareceu aqui antes, o que é quase um milagre já que usei bastante desde que comprei na Black Friday do ano passado com 50% de desconto! Ele é daqueles super confortáveis, ou seja, uma opção bem interessante exatamente pra esses passeios a pé!

O tricot também foi comprado numa liquidação, do inverno da Renner do ano passado. Ele é bem fofinho e volumoso e eu prefiro usar assim, de trás pra frente (ou seja, com o decote “v” nas costas), pra ele ficar mais fechadinho na frente. Blusas muito decotadas não favorecem o equilíbrio visual do meu corpo, não sei explicar direito o que acontece, mas basicamente, alongam demais o pescoço e me deixa mais corcunda e sem queixo do que já sou. =p Prefiro quando a gola fica assim, mais horizontal, e adoro esses truques que mudam completamente a roupa!

post-blog-5

post-blog-2

tenis-santalolla-bolsa-ado-cintowj

O jeans azulzinho é da Zara, o cinto é WJ, a bolsa é a Satchel Mini da Adô Atelier e o óculos escuro é da Renner. Como tava com esse look quase básico, aproveitei pra tentar sair com batom mais escuro de boa (era só uma voltinha rápida, no fim das contas), mas não tem jeito, estranhei bastante nas fotos! Comprei o Cabernet da Eudora e juro que tô me esforçando pra não deixar ele muito abandonado, rs…

E pra não perder o costume, a música que batizou o post! Tô mega viciada nesse CD do Gaslight Anthem <3 <3 <3

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=iy8hLP3SFkk?rel=0]

So what you wanna say is my head is a hurricane
Well l-l-l-let me sleep on that, uh huh, alright.
You say I’m hopelessly devoted to misery
Well I don’t wanna be so devoted no more, aw yeah

And all of my friends wanna get into heaven
And all I keep thinkin’ is “I wish you were here”
I heard that they been callin’ me “The Great Depression”
Rollin’ and tumblin’, breakin’ my own heart again

Decor: As Luminárias da Sala

#o post mais aguardado do apê

Siiiim, finalmente vou compartilhar como fizemos as nossas luminárias com lâmpadas expostas da sala! A ideia de ter um blog com temas variados já rondava as nossas conversas faz um tempo, mas foi esse projeto que deu origem a ideia do blog, e meses depois, eis que estou escrevendo sobre ele! 😉 Mas antes, vamos ver o que a gente tinha?

lampada-pendente-diy-1

Não tenho foto do outro lustre antigo da sala, mas quando alugamos o Ap, ele veio com esses dois lustres trabalhados com filetes de vidro. O que ficava em cima da TV era esse mais simples da foto. Na outra parte, outro lustre no mesmo estilo mas com uma camada dupla de filetes. Estávamos tão empolgados com outros detalhes da casa nova (varanda, lareira, chão clarinho) que demorou um pouco pra gente realmente se importar e resolver dar um jeito na situação.

Esse apartamento tem um pé direito bem mais baixo que o último que a gente morou, então tínhamos uma limitação quanto aos estilos de luminária que poderíamos colocar. Ao mesmo tempo, já tivemos experiências meio frustrantes com spots direcionados no ap que moramos em Londrina e com plafons no outro ap aqui. A gente ama luz, e fazia questão de ter algo mais aconchegante. Mas não tínhamos budget pra investir nisso agora.

lampada-pendente-diy-2

Depois de pesquisar muito e juntar várias referências no Pinterest, acabamos decidindo entrar na modinha e ter luminárias com lâmpadas expostas (exposed bulbs) na sala! Vasculhei a internet inteira e encontrei uns modelos prontos bem legais pra comprar por aí, até orcei numa loja e quase compramos online! Mas daí o Rafael foi dar uma volta na Leroy Merlin enquanto eu estava viajando e encontrou esse kit branco da foto por menos de 20 reais.

Estava em SP trabalhando naquela semana, então ele chegou em casa e já instalou, mandando uma foto pra perguntar o que eu achava. Na verdade, o kit vinha com outro outro soquete e o Rafael gostou mais desse liso vendido avulso. Aprovei o resultado, mas achei o branco meio sem graça! E sempre pensei em ter mais de uma lâmpada na luminária em cima da mesa (afinal, a gente ama luz!)

lampada-pendente-diy-3

Resultado: spray amarelo e 3 soquetes! Amarelo é uma das cores que a gente escolheu pra aquecer a paleta da sala, que em breve vai ganhar uma parede cinza clarinho. Quero escrever mais sobre isso qualquer dia, mas eu e o Rafael somos loucos por móveis em diferentes tons de madeira então a nossa ideia principal é ter alguns tons que complementem isso.

lampada-pendente-diy-4

Tudo ia muito bem até a incompetência de alguém pra usar o spray, rs! Sim, manchou. Daí a gente tentou lixar e pintar de novo e manchou mais ainda, por ser de plástico. Não temos muito espaço pra isso aqui e todo esse processo foi realizado dentro de uma caixa na varanda, então era um pouco difícil manter a distância necessária pra usar o spray. O que fazer? Como proceder? Já não estava mais tão convencida com essa canopla em forma de cone como antes, lá pelas tantas comecei a achar que ficaria meio estranha para a ideia de ter 3 lâmpadas e tava esse projeto do Casa de Colorir na cabeça.

Fomos até uma Balaroti (mais perto de casa que a Leroy Merlin) e por R$14 compramos um daqueles spots de metal com a intenção de arrancar o spot e usar só a base. Procuramos uma bem lisa. Na ansiedade acabei não fotografando, mas era um spot com uma lâmpada bem simples. Desmontei e o Rafael usou a furadeira pra fazer os 3 furos para puxar os fios por dentro dela. Depois pintamos com 3 demãos de spray, tomando cuidado para não manchar de novo. Não ficou perfeito, mas adorei o resultado… Ah, no fim das contas, do kit original só usamos os fios, rs!

lampada-pendente-diy-6

lampada-pendente-diy-5

lampada-pendente-diy-7

O Rafael montou tudo certinho e colocamos essas lâmpadas econômicas decoglobo da Philips, que tem uma luz quente suave (não são tão amarelas) e são bem bonitinhas! Foi a parte mais cara do projeto todo, cada uma custou uns R$25, mas fiquei tão feliz com elas que até relevei. Não tinha muito como economizar nessa parte também, né?

lampada-pendente-diy-8

Umas semanas depois, criamos coragem e fizemos a outra luminária, com o que aprendemos nessa primeira. O mesmo fio, a canopla de spot (dessa vez sem furos) e o soquete liso pintados de amarelo. Já sabíamos que essa parte da sala seria mais simples, com um fio só, mas a ideia de fazer esses dois loops no teto veio depois, olhando pro fio. Como ele não queria parar quieto assim acabei usando dois grampos de roupa amarelo, mas juro que são provisórios, rs! É que trabalhar com fio, especialmente esses mais grossos, nem sempre é muito fácil, né?

lampada-pendente-diy-9

Mais um decoglobo da Philips e voilá! Nada mais de filetes de vidro e lustres retrô por aqui, rs. O resultado final dá pra ver no post com fotos da decor da sala.

* Sobre as luminárias antigas, elas foram cuidadosamente desmontadas e guardadas em uma caixa na dispensa. O Ap é alugado e precisamos ter o cuidado de devolver ele da mesma forma que alugamos… 😉