Vida: Passei no Mestrado \o/

livros

Voltando a bloggar só pra compartilhar a novidade por aqui também: sexta-feira de manhã fiquei sabendo que fui aceita no Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Administração da UFPR, linha de pesquisa Estratégia de Marketing e Comportamento do Consumidor. Esse era um dos meus *objetivos* pra 2014 e não tenho palavras pra descrever o quanto fiquei feliz de encontrar o meu nome na lista, mesmo sabendo que estou oficialmente ferrada até 2017.

Não sei se todo mundo que acompanha o Apê sabe, mas o Rafael, que deveria ser co-autor do blog comigo (qualquer hora ele volta!) apresentou no começo desse ano a dissertação dele, e se tornou Mestre em Design da Informação, também pela UFPR. Acompanhar essa rotina tão de perto entre 2012 e 2013 deixou bem claro pra mim que mestrado não é brincadeira e que aquele drama do TCC que muita gente faz na graduação (been there, done that) não é nada perto de pesquisar, estudar muito e escrever uma dissertação de mestrado. Mas ao mesmo tempo, vivenciar isso só me deixou mais animada pra correr atrás e voltar a estudar!

Acho que a ideia de que eu não iria parar de estudar depois da graduação existe na minha cabeça desde a época que ainda estava no colégio… os cinco anos e meio que fiquei estudando Relações Públicas (fiz um ano e meio de Univali antes de entrar na UEL) me deixaram meio traumatizada, é verdade, tanto que fiquei um ano parada, fazendo só cursos livres e tal, pra então fazer aquela especialização em Administração com ênfase Marketing Digital na FAE entre 2011 e 2012 e parar de novo.

Acabei focando muito no trabalho durante todo esse tempo, fiz uns cursos no Coursera mas aproveitei mesmo pra descansar a cabeça porque eu sabia que a hora de voltar com tudo chegaria cedo ou tarde.

Em junho fiz a prova do ANPAD, requisito pra quem quer fazer Mestrado em Administração, e o bom resultado me deixou animada pra juntar toda a documentação e fazer minha inscrição pro processo seletivo. Foram três fases e a cada uma que eu passava ficava mais ansiosa pra tal entrevista, que fiz no começo da semana retrasada.

Admito que fiquei bem nervosa no dia, meio que caí na real quando cheguei lá no Bloco Azul do Jardim Botânico e comecei a tremer, haha. Nessa hora, lembrei das conversas que tinha com o Waldyr, professor da UEL e orientador do meu TCC e tentei me concentrar… mesmo assim acho que não consegui me expressar tão bem lá, rs.

Não vou falar muito sobre o processo em si, ele acontece exatamente como está descrito no edital que tem no site do programa e no fim das contas cada Programa de Mestrado tem suas particularidades. O Rafael teve que apresentar pré-projeto pra banca, por exemplo, enquanto eu tive que fazer o ANPAD, entregar um monte de documentos e fazer uma interpretação de texto em inglês depois da entrevista, que não era nem a mesma das outras Linhas de Pesquisa em Administração.

Enfim, tá sendo muito louco lembrar de tantas vezes que contei para as pessoas que estava tentando mestrado, cheguei a desmarcar viagens e reuniões de trabalho por conta disso, li bastante pra me preparar e no fim (?) deu certo!

Claro que pretendo continuar o blog quando voltar a estudar ano que vem, não sei com que frequência isso vai virar tema de posts por aqui, mas é algo que faz parte da minha vida e que eu queria muito deixar registrado.

P.S.: Coloquei uma foto da minha modesta prateleira de livros acadêmicos pra ilustrar o post. Sei que faço parte dessa geração que consome muito artigos online nos quais muitas vezes se ignora por completo o autor e não dá muito valor pra esse tipo de conhecimento… mas nunca consegui superar isso! Faz um tempo já que parei de comprar livros físicos e só pago pela edição do Kindle pra ler no iPad Mini (pretendo adquirir um Kindle de verdade em breve pra me acompanhar nessa nova fase), mas tenho certeza que essa coleção voltará a crescer em breve! E pra uma das áreas que mais me encanta estudar: Comportamento do Consumidor <3 <3 <3.