Review: Amazon Kindle PaperWhite Vs iPad mini (1st gen)

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-15

Oi, voltei! Minha vida tá super corrida por causa das disciplinas do mestrado e das milhares de leituras semanais, mas já me sinto um pouco mais adaptada e entrando no ritmo dessa nova realidade.

Sim, é um processo dolorido. Sim, tem horas que acho que vou pirar. Tô fazendo 4 disciplinas, não fui eu que escolhi, mas todas são extremamente legais (sempre saio da aula empolgada e com vontade de ler os próximos conteúdos), apesar de nenhuma ser simples ou sobre algo-que-já-ouvi-falar-muito-antes. Até o vocabulário tem um tantão de palavras que fiz questão de ignorar até hoje… de repente tô falando de heurística e de redes nomológicas como as coisas mais normais do mundo.

Tô lendo como nunca, semana passada parei pra fazer as contas e foram pelo menos 15 artigos científicos/capítulos de livros em uma semana. E a maioria deles, além de ser em inglês, não basta só ler uma vez, preciso parar, pesquisar, juntar informações sobre o tema e sobre o autor e mergulhar naquele universo… enfim. É um processo. A gente vai criando métodos pra conseguir passar por isso da maneira menos sofrida e é um pouco sobre isso que vou falar aqui hoje.

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-12

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-7

Já contei aqui que ganhei um Kindle Paperwhite de aniversário do Rafael, né? Era muito sonho de consumo e continuo morrendo de amores por ele, mas preciso admitir que também fiquei meio frustrada sobre algumas coisas nesse começo de ano letivo. Daqui a pouco conto mais sobre isso.

Comprei esse iPad 2 logo quando ele foi lançado em 2011 e ele continua bem vivo, embora tenha mudado de dono, mas decidi colocar ele nas fotos do post pra comparar o tamanho. Em 2013 troquei o meu “aiPedão” pelo “aiPedinho“, e foi uma das melhores trocas que eu fiz na vida. O iPad mini que eu tenho e uso até hoje é o de primeira geração, que não tem tal da tela de retina, mas é bem mais leve e fácil de segurar e prático que o iPad 2. Sempre usei bastante em casa e acho um ótimo investimento.

Dos 3, o que eu menos gosto é o iPad “clássico”, por achar meio grande, pesado e desajeitado. Sei que tem gente que curte bastante pra assistir vídeos e coisas do tipo, mas como esse não é muito o meu perfil de uso, eu realmente não sou fã dele e nem teria o iPad Air, até porque acho o tamanho do mini perfeito.

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-13

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-17

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-5

Já contei aqui que o Kindle é o meu atual “xodó”, talvez pela novidade, afinal, já estamos em 2015, o que quer dizer que o meu iPad mini deve ter pelo menos um ano e meio de uso (e o iPad 2 já vai pro ano 4). Nessa altura do campeonato, não fico mais tão deslumbrada pela tecnologia ou pelas possibilidades, elas estão bem incorporadas na minha rotina.

Mesmo assim, o Kindle me surpreendeu, já que a leitura nele é muito mais confortável e menos cansativa do que ler no iPad (ou no computador), o que acaba até influenciando a minha concentração.

Mas como nem tudo é perfeito, ele tem dois probleminhas que tem atrapalhado bastante e fizeram com que ele ficasse meio jogado aqui em casa:

1. O acervo: a grande maioria dos livros que eu preciso ainda não está disponível na plataforma. E tem livros que até estão, mas só abrem no aplicativo do Kindle pra computador/iPad. Dá pra crer? De qualquer maneira, quando está disponível, vale muito a pena, já que dá pra ajustar o tamanho, o espaçamento e qual fonte você quer usar, a luminosidade e tudo isso. É muito bom ler livros adaptados de verdade pro Kindle e uma pena que muitos não estejam.

2. Ele até lê PDFs, mas claramente não foi feito pra isso. A tela não se adapta bem ao tamanho de um PDF A4, e o touch da tela é uma b*sta, ou seja, não adianta dar zoom e ficar arrastando. Tem que ter muita muita paciência pra usar dessa maneira e eu já desisti.

Até acho vantajoso ele não ser multifunções, realmente prefiro um Reader que não fique recebendo notificações o tempo todo, mas esses detalhes aí me deixam meio surtada. O fato dele não rodar aplicativos como o Mendeley também não torna ele a melhor solução pro meu problema dos artigos do mestrado. Ele é ótimo pra ler livros? Sim. Pra estudar? Nem tanto.

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-4

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-11

Outro detalhe que eu amo no Kindle é o acabamento em si. O touch é bem ruim, verdade, mas acho o aparelho uma gracinha. Ele parece ser “sólido”, apesar de muito leve e prático de carregar. E a capinha “oficial” (que você compra separado) é linda e bem mais resistente que as capinhas da Apple pro iPad. Amazon mandou bem nisso e merece o reconhecimento.

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-6

O meu iPad mini tem por volta de um ano e meio, mas essa Smart Cover encardida aí é bem mais recente, já que troquei por milhas na loja do Smiles em setembro do ano passado. E olha que eu até cuido bem dela.

Apesar da minha frustração com a Apple nesse quesito, admito que nessa fase tenho usado bem mais o iPad mini do que o Kindle. Em grande parte, a culpa nem é do aparelho em si, mas do aplicativo do Mendeley, esse programa multiplataforma maravilhoso perfeito pra quem tá no mesmo universo acadêmico que eu. E dois tais livros que só abrem no iPad.

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-16

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-1

Agora uma coisa que eu odeio com todas as minhas forças são as capinhas da Apple. Não que existam outras capinhas boas pro iPad. Se tem, nunca encontrei. Quando meu irmão comprou o iPad mini fora do Brasil e trouxe pra mim, comprou também um Smart Cover de poliuretano cinza (que não aparece nas fotos), única opção disponível na época. Daí eu comprei um case de plástico pra protejer atrás e tudo isso deixava o iPad mini enorme e desajeitado e logo esse case quebrou. E a própria Smart Cover vivia se soltando por conta própria do iPad (que quase caiu no chão algumas vezes por isso).

Daí ano passado troquei milhas do Smiles por esse Smart Case azul de couro (contei um pouco sobre isso aqui) e apesar de todas as promessas e do preço caríssimo de um desses na loja, ele também tá longe de ser bom. Logo ficou completamente encardido e é impossível limpar!

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-10

Acho que o Smart Case vermelho (de poliuretano!) do iPad 2 é da época que ele ainda era meu, ou seja é um pouco mais usado que o iPad mini, mas também nunca foi muito bom. Apesar de proteger bem o aparelho, ele também logo ficou encardido, e pior, esse tá até se desfazendo. Na comparação com o de couro, dá pra perceber é que o modelo mais caro (couro!) é bem mais “compacto” que o poliuretano, já que as bordas desse são meio grandes pra proteger o aparelho. De qualquer maneira, não indico nenhuma das duas versões dessa capa.

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-9

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-8

No fim, sei que tenho sorte de ter todos esses gadgets em casa e poder comparar e escolher o que se adapta melhor as minhas necessidades! Se tivesse que optar por só um, apesar de amar muito meu Kindle (<3), no momento seria o iPad mini por facilitar muito a minha vida de mestranda. Como e-reader, pra ler livros de literatura, o Kindle é bem mais bacana, só que ele não tem resolvido essencialmente o que eu preciso agora! Humpf. Uma pena.

kindle-paperwhite-x-ipad-mini-14